Daniel Curry – História

Havia um grande homem, chamado Daniel Curry, ele era tão bondoso e separado que todos o viam como um verdadeiro homem de Deus, uma pessoa maravilhosa. A história conta que ele morreu e entrou em um transe quando subiu ao céu.

Quando ele chegou ali, no portal de pérola, o vigia lhe perguntou:

_ Quem é você?

Então, ele logo se apresentou, cheio de si.

_ Oh, eu sou Daniel Curry, grande evangelista, ganhador de almas para Cristo!

_ Então disseram: veremos se seu nome está aqui!

Mas após uma grande procura não puderam encontrar seu nome ali. Mas Daniel Curry insistia:

_ Certamente meu nome está aí, uma vez que tenho tentado fazer o que é correto.

Mas o vigia lhe disse:

_ Seu nome não está aqui. E neste lugar não há misericórdia. Resta para ti apenas uma apelação ao trono branco de julgamento. Queres tu fazer este apelo?

_ Sim, respondeu ele. Quando se sentiu passando por um espaço e logo entrou em um lugar com uma Luz tão brilhante, que quanto mais distante ele ia, mas brilhante ela se tornava, mais brilhante que o sol, e em Sua presença ele tremia.

Logo, ele ouviu uma voz:

_ Você foi perfeito na terra?

_ E ele disse: não, não fui.

_Você agiu honestamente? Perguntou a voz.

_ Não, eu suponho que não fui honesto, disse Curry.

_ E a voz tornava a perguntar: você disse a verdade, em cada caso?

_ Não, eu nunca fui exatamente verdadeiro, respondia ele.

_Você já pegou algo que não era seu? Dizia a voz.

_ E ele respondeu: não, eu peguei coisas que não me pertenciam.

E logo ele, que achava ter sido bom, escutou: “Então você não foi perfeito.”

Foi bem ali, quando já esperava sua condenação, que ele pode ouvir a mais doce voz e ver a face mais doce que de uma mãe, dizer:

_ “Pai, Daniel Curry ficou do meu lado lá na terra. É verdade que ele não foi perfeito, mas permaneceu do meu lado. Agora, Eu o defenderei no céu. Tira todos os seus pecados e os põe em minha conta.

E hoje, você tem permanecido ao lado da Palavra? Quem o defenderá naquele dia? Tens sido fiel em tudo? O que ouviras naquele dia?

Este livro foi baseado na história contada pelo profeta de Deus, William Marrion Branham, na mensagem A Igreja e Sua Condição, de 05 de agosto de 1956 Jeffersonville – Indiana – E.U.A., nos parágrafos 116 ao 128, nos mostrando que Ele só nos defenderá se permanecermos ao lado de Sua Palavra nesta terra.